Como estar preparado para os desafios da carreira de negócios? O ambiente empresarial é extremamente dinâmico e, desse modo, as empresas buscam profissionais mais qualificados e que estejam prontos para lidar com diferentes cenários.

Assim, para que você possa crescer e conseguir posições mais valorizadas, é imprescindível investir em seu desenvolvimento profissional e buscar as competências que o mercado exige para que possa ter uma trajetória de sucesso.

Neste post, vamos mostrar por que você não pode esperar para se qualificar, quais habilidades precisa desenvolver e a importância de fazer uma pós-graduação. Confira as nossas dicas!

O momento é agora

O relógio não dá trégua quando o assunto é carreira. O tempo corre rápido e, se você ficar acomodado ou de olhos fechados para as tendências da sua área, vai perder boas oportunidades do mercado.

Existem muitos profissionais que são campeões em fazer um planejamento com datas certas para começar uma qualificação, mas, quando chega a hora de cumprir o que foi estipulado, adiam o compromisso.

Sempre vão existir uma série de fatores que atrapalham a realização de uma pós-graduação — como a rotina de trabalho corrida ou até mesmo compromissos pessoais. No entanto, é importante se organizar e direcionar os esforços para investir na carreira profissional.

Plano de carreira

Não sabe como se organizar? Elabore um plano de carreira e imagine aonde quer chegar profissionalmente daqui a 5, 10 ou 15 anos. Desse modo, você consegue definir metas para se desenvolver. Estipule planos de curto, médio e longo prazo, detalhando os passos para alcançá-los.

Essa é uma maneira de ter clareza em seus objetivos, possibilitando realizar uma programação prévia e com bastante foco do que precisará ser feito para que você atinja seu desenvolvimento profissional.

Ao montar esse guia, você vai perceber que estudar deve ser um hábito constante de qualquer profissional. E se você pensa que não terá tempo de se dedicar a uma pós-graduação, tenha em mente que são cursos realizados, na maior parte das vezes, aos finais de semana.

É possível fazer um ajuste na agenda e encaixar as aulas. Em pouco tempo, você obtém mais um título para incrementar seu currículo e, assim, conseguirá um salário ou cargo maior, poderá empreender com segurança ou se especializar em um novo segmento, ampliando as oportunidades profissionais.

Atualização e reciclagem profissional

Pense em quantos profissionais disputam uma vaga de emprego em sua área hoje. A concorrência é acirrada, assim, é imperativo se destacar para os recrutadores e gestores mostrando algum diferencial. As empresas enfrentam um cenário altamente competitivo e precisam de pessoas que estejam atualizadas em seu segmento.

Então, para acompanhar toda essa dinâmica, você precisa se reciclar e deixar de postergar a realização de um curso como um MBA, por exemplo, que apresenta um conteúdo programático com as últimas tendências de sua área.

Saiba que, quanto mais tempo você perde, mais difícil fica de ser reconhecido e conseguir uma boa posição. Aliás, quando você se acomoda, corre um sério de risco de ser demitido, principalmente em momentos de oscilações na economia e corte de pessoal.

Não tem desculpa para você não buscar aperfeiçoamento! O momento é agora e, assim que você começar as aulas de uma pós-graduação, vai perceber como essa vivência pode ser enriquecedora.

Desenvolvimento pessoal

Muita gente acredita que, com esse tipo de formação, os ganhos serão apenas no conhecimento e competências técnicas. Realmente, as aulas teóricas e práticas têm esse objetivo, mas saiba que elas vão além disso!

Esse tipo de curso é uma escolha interessante, pois propicia também o seu desenvolvimento pessoal. Ele vai ampliar sua visão em relação ao seu trabalho e tirar você da zona de conforto — estimulando sua criatividade e novas reflexões acerca da dinâmica empresarial.

Sem contar que os encontros possibilitam discussões e troca de conhecimentos e experiências com professores e colegas — importante para que você desenvolva também habilidades de comunicação.

São pontos fundamentais para o seu crescimento pessoal e profissional que vão modificar sua postura no ambiente corporativo — impactando positivamente em sua carreira.

Maturidade a seu favor

Muita gente tem a ideia de que o mercado é ingrato com profissionais mais maduros. Contudo, isso acontece principalmente com aqueles que ficam estagnados e se veem perdidos diante de tantas mudanças do mundo atual — principalmente em relação a novas tecnologias.

A história tem um final diferente para aqueles profissionais com maturidade e experiência, mas que não deixam de estudar e, assim, se aperfeiçoar e estar em dia com as novidades de seu campo de atuação.

Na verdade, são candidatos valorizados pelas empresas, pois podem assumir cargos de liderança e gestão, inspirar equipes e trazer bons resultados para a organização.

Você não precisa perder espaço no mundo corporativo por conta da sua idade, pelo contrário, deve usar essa vivência a seu favor, mas sem deixar de correr atrás de qualificação.

Como aproveitar as necessidades do mercado

Carreiras que estão em alta, novos modelos de negócio, tecnologias que surgem a todo momento e até crises econômicas são fatores que modificam o mercado e exigem uma nova postura do profissional.

E, para quem busca o crescimento, é fundamental ficar de olho em toda essa dinâmica — seja para conseguir um salário maior, um novo cargo ou até pensar em uma recolocação profissional.

Veja a seguir o que fazer para aproveitar as demandas de mercado:

Reveja seu currículo

Coloque-se no lugar do recrutador e faça uma análise do seu currículo. O que ele diz sobre você? São competências e experiências que agregariam valor para a empresa?

Reveja esse documento com um olhar crítico e faça uma reflexão sobre a sua carreira e o que você precisa fazer para conseguir se destacar. Muitos profissionais estão insatisfeitos com seu emprego ou frustrados por não avançarem em processos de seleção, no entanto, não se mobilizam para tentar encontrar um novo caminho.

Muitas vezes, a última qualificação realizada foi há muito tempo, o que pode revelar uma postura acomodada do candidato. Em outros casos, falta você completar o curso de inglês e, assim, tornar-se apto a concorrer para cargos mais altos.

Faça um exercício de autoconhecimento

Sabemos que o mercado busca um novo profissional que, além das habilidades técnicas e científicas, precisa também desenvolver competências pessoais. Por isso, faça um exercício de autoconhecimento e avalie como é sua conduta no ambiente de trabalho.

Vale inclusive perguntar para amigos e colegas de trabalho sobre o seu perfil profissional para descobrir o que as pessoas pensam sobre você.

As empresas buscam hoje profissionais que saibam se comunicar bem e utilizar a inteligência emocional, tenham empatia, humildade e consigam trabalhar em grupo. Portanto, analise se você cumpre esses requisitos e corra atrás para corrigir os pontos falhos.

Mantenha-se atualizado

Independentemente de sua área de atuação, sempre haverá mudanças em conceitos, ferramentas e tecnologias. Dessa forma, é essencial que você esteja por dentro dessas tendências.

Para que você se mantenha atualizado, é necessário:

  • acompanhar notícias nacionais e internacionais — que podem ter influência em sua área de atuação — para ficar a par do que acontece na conjuntura econômica, política e social;
  • ler blogs e revistas especializadas de seu segmento;
  • trocar experiência e conhecimento com outros profissionais;
  • participar de feiras, workshops e outros eventos do seu setor;
  • fazer parte de grupos voltados para o seu segmento profissional em redes sociais.

E o mais importante: busque qualificação, como uma especialização, MBA ou até mesmo cursos de curta duração, que vão situar você em relação às novidades do seu nicho profissional. A educação continuada é o ponto-chave para quem quer estar preparado para as necessidades do mercado.

Ficar de olho nas transformações da sua área é uma estratégia para antecipar novas demandas do mercado e, assim, conseguir se preparar e sair na frente de outros candidatos. Isso é importante também para quem busca empreender, já que é uma forma de visualizar as tendências e descobrir um ramo promissor para investir.

Faça networking

Muitas pessoas acreditam que hoje — com o mundo digital — não é preciso investir nos contatos pessoais. Mas saiba que estar próximo de profissionais com os mesmos interesses e que atuam na mesma área que você será fundamental para aproveitar as oportunidades.

Por isso, mantenha um bom relacionamento no ambiente organizacional, aproxime-se de colegas, superiores e clientes e conheça outros contatos também em cursos de qualificação e eventos de sua área.

É preciso investir no networking para compartilhar experiências, fazer parcerias de negócios e também receber informações em primeira mão — como a abertura de vagas de emprego de seu interesse ou ainda a possibilidades de promoção.

Habilidades para se desenvolver

São vários fatores que vão contribuir para sua ascensão na carreira, entre eles algumas competências que você precisa adquirir. É necessário modificar sua postura no ambiente corporativo, rever alguns hábitos e entender que, apesar da alta competitividade, ninguém trabalha sozinho. A cultura de colaboração e espírito de equipe devem nortear seu comportamento.

Acompanhe as habilidades imprescindíveis que vão contribuir para o seu desenvolvimento profissional a seguir:

Flexibilidade

Não se feche para mudanças, novas atribuições e até desafios. O mercado é dinâmico e você precisa estar pronto para se adaptar sempre. Muitos profissionais ficam confortáveis em exercer a mesma atividade por um longo tempo e têm medo de se arriscar.

A flexibilidade é uma característica valorizada pelas empresas e pode contribuir para o seu desenvolvimento profissional, por isso:

  • esteja aberto para novos aprendizados;
  • procure trabalhar com pessoas de perfis diferentes;
  • saiba valorizar outros pontos de vista;
  • mostre-se disponível para novos projetos.

Liderança

O profissional deve saber conduzir o negócio de maneira estratégica, ter uma visão analítica do mercado e fazer a gestão de pessoas, inspirando e motivando suas equipes. O bom líder se aproxima de seus colaboradores e reconhece os talentos que eles têm e como cada um pode contribuir para os resultados da empresa.

Você deve demonstrar segurança e confiança, ter um bom relacionamento interpessoal, saber delegar tarefas, além de dar e receber feedbacks.

Inteligência emocional

Muita gente não dá importância, mas saiba que os profissionais que desenvolvem a inteligência emocional no trabalho, além de serem mais valorizados, podem alcançar conquistas profissionais importantes.

Não é novidade para ninguém que o estresse e a pressão fazem parte de qualquer ambiente de trabalho, principalmente quando se trata do ramo dos negócios. São prazos a cumprir, imprevistos, cobranças, altas quantias envolvidas nas transações, entre outros fatores que podem tirar o sono de qualquer um.

Dessa maneira, conseguir manter a cabeça fresca, ou seja, controlar o lado emocional pode fazer a diferença. Pensar duas vezes antes de fazer uma crítica, separar vida profissional e pessoal, entender o lado do outro e saber esperar antes de tomar uma decisão são alguns comportamentos que demonstram que você já tem uma maturidade de carreira.

Visão sistêmica

Muitas pessoas ficam estagnadas na carreira não somente por falta de competências técnicas. Em alguns casos, demonstram talento em suas atividades, no entanto, só têm olhos para o seu próprio departamento e função.

É importante conhecer a empresa como um todo, ter clareza sobre todos os processos e, assim, entender melhor sobre o seu trabalho. Desse modo, você sabe o que pode fazer para contribuir com o sucesso do negócio.

Profissionais que têm uma visão sistêmica são mais reconhecidos e aptos para assumirem cargos de gestão e liderança, já que realmente conhecem o negócio.

Autoconfiança

Mesmo com um currículo impecável, existem profissionais que não acreditam em suas potencialidades. Muitos até se autossabotam, deixando de assumir novos cargos, projetos ou desafios simplesmente pelo medo de falhar — o que pode ser uma característica de pessoas perfeccionistas ou altamente inseguras.

Por isso, é essencial que você tenha autoconfiança e consiga enxergar seus pontos fortes e seu papel na organização. Tenha em mente que todo mundo já errou e vai errar no trabalho e, assim, esse receio não pode ser um empecilho para o seu desenvolvimento profissional.

Converse com pessoas próximas, desabafe e, se for preciso, procure ajuda psicológica para que você consiga vencer esses obstáculos e possa ter sucesso em sua carreira.

Proatividade

As empresas precisam de profissionais dinâmicos, ou seja, que demonstrem iniciativa e proatividade. É fundamental antecipar cenários para conseguir pensar em soluções e não esperar ordens para realizar as tarefas.

Pessoas proativas enxergam além, dedicam-se ao trabalho, sabem fazer a gestão de tempo para melhorar sua produtividade e conseguem melhorar o clima organizacional. Essa habilidade é imprescindível também para quem busca empreender.

Comprometimento

As empresas fazem um investimento em seus colaboradores, por isso esperam comprometimento, ou seja, que você “vista a camisa” da organização. Dessa maneira, dedique-se às suas atividades, mostre-se disponível e tire proveito do trabalho em equipe.

Persuasão

Para que o seu trabalho seja visto ou para que você consiga demonstrar uma ideia ou fazer uma negociação de sucesso, é fundamental ter a habilidade de persuasão. O profissional deve saber como se comunicar de modo eficaz para influenciar os colegas, gestores e clientes.

Para algumas pessoas, essa é uma característica nata. Mas, se esse não é o seu caso, saiba que é possível conquistá-la. Você pode fazer um planejamento antes de apresentar um projeto e, assim, não deixar escapar nenhum ponto importante — antecipando-se inclusive aos questionamentos.

Melhorar as habilidades de escrita e da fala também podem ajudar na hora da persuasão, por isso leia bastante e procure conter a ansiedade na hora de falar em público para não atrapalhar as palavras e suas ideias.

Conquistando desafios: a pós-graduação

Para que você atinja seu desenvolvimento profissional e, assim, obtenha uma vantagem competitiva, é importante se programar para fazer uma pós-graduação. O certificado será um pré-requisito para que você alcance cargo e remuneração mais altos, esteja preparado para empreender e ainda possa descobrir uma nova área de atuação.

Quem almeja o sucesso no mundo empresarial deve buscar por formações como a especialização ou MBA. São várias opções de cursos que vão aprofundar seus conhecimentos, ensinar competências técnicas e promover sua atualização profissional, como:

  • MBA em Gestão Empresarial;
  • MBA em Marketing: Ênfase em Vendas;
  • MBA em Gestão: Pessoas e Liderança;
  • MBA em Gestão: Serviços em Saúde;
  • MBA em Gestão: Finanças, Controladoria e Auditoria;
  • MBA em Gestão: Agronegócios;
  • MBA em Gestão: Incorporação e Construção Imobiliária;
  • Pós-Graduação em Administração de Empresas.

Não perca mais tempo e invista nesses cursos de qualificação — assim, você não corre o risco de ter a sua carreira estagnada, consegue os cargos mais concorridos ou ainda uma promoção.

Ao decidir fazer uma especialização ou MBA, a precaução é optar por instituições de ensino com tradição em educação executiva que tenham infraestrutura moderna e completa, além de um corpo docente qualificado, com experiência acadêmica e profissional.

Assim, você pode continuar os estudos de forma tranquila, trilhar um caminho de sucesso em sua carreira e fazer a diferença em seu ambiente de trabalho. Confira, a seguir, a importância da pós-graduação para o desenvolvimento profissional:

Aumento salarial

Incrementar seu currículo com um curso de MBA pode fazer seu salário aumentar, segundo pesquisa feita pela Catho Educação. Possuir esse tipo de certificado pode ajudar ainda a conseguir uma promoção — o que também vai aumentar sua renda mensal.

Profissionais pós-graduados são mais valorizados, já que possuem uma bagagem de conhecimento que podem agregar valor para as empresas. Para que você seja reconhecido e consiga uma elevação em seus rendimentos, a dica é aproveitar ao máximo as aulas, discussões, trabalhos e outras vivências práticas desses cursos.

Conhecimento prático e atual

Muitos profissionais acham que será tedioso assistir às aulas. Contudo, saiba que as instituições de ensino de qualidade organizam os conteúdos programáticos dos cursos de uma forma dinâmica, unindo teoria e prática.

Dessa forma, o aluno acompanha exposição de cases corporativos, faz visitas técnicas a empresas e ainda troca experiência com colegas e professores.

Sem contar que o profissional fica por dentro das últimas tendências em seu segmento de atuação, o que certamente ajudará na tomada de decisões e na busca de soluções frente a desafios. Isso é importante para os gestores, que poderão acompanhar as estratégias mais atuais para a condução de equipes e negócios.

Essas características de um curso de pós-graduação surpreendem muitos alunos, que passam a ver com outros olhos essa formação. Existem profissionais já pós-graduados que ficam interessados em realizar novos cursos, pois comprovam as mudanças na carreira que essa vivência pode proporcionar.

Formação para liderança

Se o seu intuito é assumir cargos de liderança, é essencial que você faça uma pós-graduação. Você terá o conhecimento para fazer a gestão do negócio e de equipes de forma eficiente e estará preparado para assumir responsabilidades maiores no negócio.

Além disso, as aulas são uma oportunidade para você conhecer cases de empresas e ter contato com outros líderes.

Novas perspectivas de carreira

Voltar a estudar pode fazer o profissional se redescobrir e buscar novos nichos para atuação — isso é importante para quem está descontente com a função que executa. Essa transformação na trajetória profissional vai proporcionar motivação e criatividade, trazendo benefícios para a rotina de trabalho.

Troca de experiências

Os encontros de um curso de pós-graduação são propícios para você trocar experiência e conhecimentos e, assim, criar uma rede de contatos (networking) que pode fazer a diferença em sua trajetória profissional.

Vivência internacional

Instituições de ensino de referência oferecem a seus alunos a possibilidade de participar de programas internacionais. É uma experiência importante para o desenvolvimento pessoal e profissional, pois você tem a oportunidade de conhecer outras culturas e escolas de negócio de excelência.

Empreendedorismo

Se você sonha em abrir um negócio e precisa dos conhecimentos e habilidades para saber quais caminhos seguir, pode apostar na pós-graduação, como o MBA. O conteúdo programático é justamente formatado para que o aluno consiga fazer uma gestão eficiente de empresas, realizando um planejamento a partir de um olhar analítico do mercado.

O curso tem disciplinas voltadas para finanças, contabilidade, marketing, recursos humanos, entre outros assuntos de administração.

Você pode conseguir o seu espaço no mercado de trabalho se não perder tempo e começar a investir em sua carreira o mais rápido possível. Somente com o desenvolvimento profissional você conseguirá alçar voos mais altos e chegar aonde deseja.

Gostou das nossas dicas? Quer acompanhar outros posts sobre carreira? Assine a nossa newsletter e receba conteúdo atualizado em seu e-mail!

Escreva um comentário

Share This