Categoria

Carreira

Categoria

Afinal, como liderar uma equipe de alta performance?

Ter um time com as competências técnicas necessárias para seu negócio e que consiga trabalhar de forma alinhada certamente fará sua empresa crescer no mercado. Mas como liderar uma equipe de alta performance e, desse modo, conseguir bons resultados?

Saiba que esse processo não acontece do dia para noite e começa antes mesmo da contratação. Além disso, vai exigir uma dedicação diária do gestor, que deve acompanhar de perto o desempenho de seus colaboradores e garantir harmonia no clima organizacional.

Neste post, vamos mostrar que estratégias você pode adotar para liderar um time de sucesso e, assim, obter um diferencial competitivo para o seu negócio. Confira!

Tenha atenção ao recrutamento e seleção

É necessário saber o que a empresa espera do candidato que vai fazer parte de sua equipe de alta performance. Qual a formação desejada? É preciso que ele tenha experiência com algum segmento ou tipo de público específico? É necessário dominar alguma tecnologia?

Além dos requisitos técnicos, estabeleça também quais características relacionadas ao comportamento você espera do colaborador: ter empatia, saber trabalhar em grupo, ser resiliente, entre outros pontos podem fazer a diferença no clima organizacional e na produtividade.

Dessa forma, o setor de RH deve ser bem detalhista no anúncio da vaga, destacando, inclusive, os valores da empresa para que o candidato saiba o que se espera dele. Além disso, é importante pensar em todas as etapas do processo de seleção para que seja possível avaliar o profissional de forma completa.

Estabeleça uma relação de confiança com os colaboradores

Um time que se sente motivado e tem liberdade para inovar, ser criativo e apresentar novas ideias trabalha de maneira alinhada com os objetivos da organização. Para que isso ocorra, o líder deve estabelecer uma relação de confiança com a sua equipe.

Assim, deve estar próximo aos colaboradores, conhecer os pontos fortes e fracos de cada um e saber delegar tarefas, ou seja, demonstrar que confia nos talentos da empresa para o sucesso de um projeto. Dessa forma, o profissional se sente valorizado e busca se empenhar ainda mais.

Além disso, um bom líder deixa um canal de comunicação aberto com os profissionais para tratar de conflitos e até para receber sugestões que podem trazer melhorias para a empresa.

Estimule o espírito de equipe

Ninguém gosta de trabalhar em um ambiente pesado, em que existam fofocas ou uma competitividade agressiva. É claro que é importante que o colaborador busque meios de crescer na organização, mas deve ter esse objetivo por seus próprios méritos e não colocando um colega em desvantagem.

Por isso, é fundamental estabelecer um clima organizacional harmônico e estimular o espírito de equipe. As pessoas precisam entender que elas não trabalham sozinhas e que devem desenvolver empatia, valorizar a cooperação e trocar conhecimento. Essas questões precisam, portanto, fazer parte da cultura da empresa e ser divulgadas entre os profissionais.

Dê feedbacks

Para liderar uma equipe de alta performance, é necessário dar feedbacks. O gestor pode estipular reuniões semanais para tratar os acertos e aspectos que precisam ser corrigidos ou aperfeiçoados. Esses encontros podem servir para mudança de estratégias e até para ouvir diferentes pontos de vista sobre um projeto.

Os colaboradores também ficam cientes de seu desempenho e de como a empresa enxerga seu trabalho. É claro que, em situações que envolvam um tema mais delicado, a dica é fazer isso de maneira reservada com o profissional para evitar constrangimentos.

Outra medida eficaz é também pedir feedback dos colaboradores sobre a empresa para que seja possível otimizar processos e melhorar o clima organizacional, o que também vai impactar positivamente os resultados.

Defina metas desafiadoras

Como fazer para que os profissionais busquem sempre se superar e não se acomodem? Definindo metas desafiadoras junto à equipe! É importante que, para alcançá-las, todos trabalhem em busca de um objetivo comum.

Assim, a estratégia é estipular todas as etapas para o cumprimento das metas, estabelecer o papel de cada um e os prazos para sua realização. É necessário também que o gestor acompanhe todo esse trabalho para que possa avaliar o trabalho dos profissionais e medir os resultados alcançados.

Desenvolva uma cultura da meritocracia

As pessoas gostam de ser reconhecidas pelos seus esforços, e no ambiente corporativo isso não é diferente. Desse modo, para ter uma equipe de alta performance, a organização precisa desenvolver uma cultura de meritocracia — que nada mais é do que reconhecer o mérito dos profissionais.

Com isso, eles vão se sentir motivados a trabalhar mais, a superar desafios e a pensar em soluções inovadoras para o negócio. É possível gratificar com alguma bonificação no salário, promoção na carreira ou até mesmo com alguma premiação, como entradas para o cinema ou um jantar em um restaurante.

Porém, é necessário ser criterioso com esse reconhecimento, pois ele deve ser resultado de um bom trabalho, e não ser concedido pela aproximação maior ou afinidade que o gestor tenha com determinado profissional.

Invista em treinamentos

Por fim, um dos aspectos primordiais para construir um time de sucesso é investir em treinamentos. A empresa precisa de profissionais que estejam atualizados em seu segmento e, assim, possam inovar e fazer o negócio sair na frente da concorrência.

Uma equipe capacitada — principalmente com certificados de especialização e MBA — vai trazer novas ideias e fazer a diferença na organização. Os profissionais, além de ganharem aperfeiçoamento técnico, se sentirão mais motivados a trabalhar, pois sabem que a empresa se preocupa com seu crescimento. Além disso, oferecer capacitação é uma forma de retenção de talentos.

É necessário também que o líder estimule a participação dos profissionais em eventos, como palestras, feiras do setor e congressos para que os colaboradores estejam atualizados quanto às novidades do mercado.

Viu só como você pode ter uma equipe de alta performance? Além das estratégias que mostramos, é essencial também que o próprio gestor invista em capacitação voltada para aprimorar suas habilidades de liderança e conseguir conduzir o time de forma eficiente.

Já que estamos falando em cursos voltados para uma boa gestão de equipes, entenda como aprender sobre fundamentos de liderança pode impactar positivamente o seu negócio!

 

Afinal, como liderar uma equipe de alta performance?

Ter um time com as competências técnicas necessárias para seu negócio e que consiga trabalhar de forma alinhada certamente fará sua empresa crescer no mercado. Mas como liderar uma equipe de alta performance e, desse modo, conseguir bons resultados?

Saiba que esse processo não acontece do dia para noite e começa antes mesmo da contratação. Além disso, vai exigir uma dedicação diária do gestor, que deve acompanhar de perto o desempenho de seus colaboradores e garantir harmonia no clima organizacional.

Neste post, vamos mostrar que estratégias você pode adotar para liderar um time de sucesso e, assim, obter um diferencial competitivo para o seu negócio. Confira!

Tenha atenção ao recrutamento e seleção

É necessário saber o que a empresa espera do candidato que vai fazer parte de sua equipe de alta performance. Qual a formação desejada? É preciso que ele tenha experiência com algum segmento ou tipo de público específico? É necessário dominar alguma tecnologia?

Além dos requisitos técnicos, estabeleça também quais características relacionadas ao comportamento você espera do colaborador: ter empatia, saber trabalhar em grupo, ser resiliente, entre outros pontos podem fazer a diferença no clima organizacional e na produtividade.

Dessa forma, o setor de RH deve ser bem detalhista no anúncio da vaga, destacando, inclusive, os valores da empresa para que o candidato saiba o que se espera dele. Além disso, é importante pensar em todas as etapas do processo de seleção para que seja possível avaliar o profissional de forma completa.

Estabeleça uma relação de confiança com os colaboradores

Um time que se sente motivado e tem liberdade para inovar, ser criativo e apresentar novas ideias trabalha de maneira alinhada com os objetivos da organização. Para que isso ocorra, o líder deve estabelecer uma relação de confiança com a sua equipe.

Assim, deve estar próximo aos colaboradores, conhecer os pontos fortes e fracos de cada um e saber delegar tarefas, ou seja, demonstrar que confia nos talentos da empresa para o sucesso de um projeto. Dessa forma, o profissional se sente valorizado e busca se empenhar ainda mais.

Além disso, um bom líder deixa um canal de comunicação aberto com os profissionais para tratar de conflitos e até para receber sugestões que podem trazer melhorias para a empresa.

Estimule o espírito de equipe

Ninguém gosta de trabalhar em um ambiente pesado, em que existam fofocas ou uma competitividade agressiva. É claro que é importante que o colaborador busque meios de crescer na organização, mas deve ter esse objetivo por seus próprios méritos e não colocando um colega em desvantagem.

Por isso, é fundamental estabelecer um clima organizacional harmônico e estimular o espírito de equipe. As pessoas precisam entender que elas não trabalham sozinhas e que devem desenvolver empatia, valorizar a cooperação e trocar conhecimento. Essas questões precisam, portanto, fazer parte da cultura da empresa e ser divulgadas entre os profissionais.

Dê feedbacks

Para liderar uma equipe de alta performance, é necessário dar feedbacks. O gestor pode estipular reuniões semanais para tratar os acertos e aspectos que precisam ser corrigidos ou aperfeiçoados. Esses encontros podem servir para mudança de estratégias e até para ouvir diferentes pontos de vista sobre um projeto.

Os colaboradores também ficam cientes de seu desempenho e de como a empresa enxerga seu trabalho. É claro que, em situações que envolvam um tema mais delicado, a dica é fazer isso de maneira reservada com o profissional para evitar constrangimentos.

Outra medida eficaz é também pedir feedback dos colaboradores sobre a empresa para que seja possível otimizar processos e melhorar o clima organizacional, o que também vai impactar positivamente os resultados.

Defina metas desafiadoras

Como fazer para que os profissionais busquem sempre se superar e não se acomodem? Definindo metas desafiadoras junto à equipe! É importante que, para alcançá-las, todos trabalhem em busca de um objetivo comum.

Assim, a estratégia é estipular todas as etapas para o cumprimento das metas, estabelecer o papel de cada um e os prazos para sua realização. É necessário também que o gestor acompanhe todo esse trabalho para que possa avaliar o trabalho dos profissionais e medir os resultados alcançados.

Desenvolva uma cultura da meritocracia

As pessoas gostam de ser reconhecidas pelos seus esforços, e no ambiente corporativo isso não é diferente. Desse modo, para ter uma equipe de alta performance, a organização precisa desenvolver uma cultura de meritocracia — que nada mais é do que reconhecer o mérito dos profissionais.

Com isso, eles vão se sentir motivados a trabalhar mais, a superar desafios e a pensar em soluções inovadoras para o negócio. É possível gratificar com alguma bonificação no salário, promoção na carreira ou até mesmo com alguma premiação, como entradas para o cinema ou um jantar em um restaurante.

Porém, é necessário ser criterioso com esse reconhecimento, pois ele deve ser resultado de um bom trabalho, e não ser concedido pela aproximação maior ou afinidade que o gestor tenha com determinado profissional.

Invista em treinamentos

Por fim, um dos aspectos primordiais para construir um time de sucesso é investir em treinamentos. A empresa precisa de profissionais que estejam atualizados em seu segmento e, assim, possam inovar e fazer o negócio sair na frente da concorrência.

Uma equipe capacitada — principalmente com certificados de especialização e MBA — vai trazer novas ideias e fazer a diferença na organização. Os profissionais, além de ganharem aperfeiçoamento técnico, se sentirão mais motivados a trabalhar, pois sabem que a empresa se preocupa com seu crescimento. Além disso, oferecer capacitação é uma forma de retenção de talentos.

É necessário também que o líder estimule a participação dos profissionais em eventos, como palestras, feiras do setor e congressos para que os colaboradores estejam atualizados quanto às novidades do mercado.

Viu só como você pode ter uma equipe de alta performance? Além das estratégias que mostramos, é essencial também que o próprio gestor invista em capacitação voltada para aprimorar suas habilidades de liderança e conseguir conduzir o time de forma eficiente.

Já que estamos falando em cursos voltados para uma boa gestão de equipes, entenda como aprender sobre fundamentos de liderança pode impactar positivamente o seu negócio!

 

Afinal, como liderar uma equipe de alta performance?

Ter um time com as competências técnicas necessárias para seu negócio e que consiga trabalhar de forma alinhada certamente fará sua empresa crescer no mercado. Mas como liderar uma equipe de alta performance e, desse modo, conseguir bons resultados?

Saiba que esse processo não acontece do dia para noite e começa antes mesmo da contratação. Além disso, vai exigir uma dedicação diária do gestor, que deve acompanhar de perto o desempenho de seus colaboradores e garantir harmonia no clima organizacional.

Neste post, vamos mostrar que estratégias você pode adotar para liderar um time de sucesso e, assim, obter um diferencial competitivo para o seu negócio. Confira!

Tenha atenção ao recrutamento e seleção

É necessário saber o que a empresa espera do candidato que vai fazer parte de sua equipe de alta performance. Qual a formação desejada? É preciso que ele tenha experiência com algum segmento ou tipo de público específico? É necessário dominar alguma tecnologia?

Além dos requisitos técnicos, estabeleça também quais características relacionadas ao comportamento você espera do colaborador: ter empatia, saber trabalhar em grupo, ser resiliente, entre outros pontos podem fazer a diferença no clima organizacional e na produtividade.

Dessa forma, o setor de RH deve ser bem detalhista no anúncio da vaga, destacando, inclusive, os valores da empresa para que o candidato saiba o que se espera dele. Além disso, é importante pensar em todas as etapas do processo de seleção para que seja possível avaliar o profissional de forma completa.

Estabeleça uma relação de confiança com os colaboradores

Um time que se sente motivado e tem liberdade para inovar, ser criativo e apresentar novas ideias trabalha de maneira alinhada com os objetivos da organização. Para que isso ocorra, o líder deve estabelecer uma relação de confiança com a sua equipe.

Assim, deve estar próximo aos colaboradores, conhecer os pontos fortes e fracos de cada um e saber delegar tarefas, ou seja, demonstrar que confia nos talentos da empresa para o sucesso de um projeto. Dessa forma, o profissional se sente valorizado e busca se empenhar ainda mais.

Além disso, um bom líder deixa um canal de comunicação aberto com os profissionais para tratar de conflitos e até para receber sugestões que podem trazer melhorias para a empresa.

Estimule o espírito de equipe

Ninguém gosta de trabalhar em um ambiente pesado, em que existam fofocas ou uma competitividade agressiva. É claro que é importante que o colaborador busque meios de crescer na organização, mas deve ter esse objetivo por seus próprios méritos e não colocando um colega em desvantagem.

Por isso, é fundamental estabelecer um clima organizacional harmônico e estimular o espírito de equipe. As pessoas precisam entender que elas não trabalham sozinhas e que devem desenvolver empatia, valorizar a cooperação e trocar conhecimento. Essas questões precisam, portanto, fazer parte da cultura da empresa e ser divulgadas entre os profissionais.

Dê feedbacks

Para liderar uma equipe de alta performance, é necessário dar feedbacks. O gestor pode estipular reuniões semanais para tratar os acertos e aspectos que precisam ser corrigidos ou aperfeiçoados. Esses encontros podem servir para mudança de estratégias e até para ouvir diferentes pontos de vista sobre um projeto.

Os colaboradores também ficam cientes de seu desempenho e de como a empresa enxerga seu trabalho. É claro que, em situações que envolvam um tema mais delicado, a dica é fazer isso de maneira reservada com o profissional para evitar constrangimentos.

Outra medida eficaz é também pedir feedback dos colaboradores sobre a empresa para que seja possível otimizar processos e melhorar o clima organizacional, o que também vai impactar positivamente os resultados.

Defina metas desafiadoras

Como fazer para que os profissionais busquem sempre se superar e não se acomodem? Definindo metas desafiadoras junto à equipe! É importante que, para alcançá-las, todos trabalhem em busca de um objetivo comum.

Assim, a estratégia é estipular todas as etapas para o cumprimento das metas, estabelecer o papel de cada um e os prazos para sua realização. É necessário também que o gestor acompanhe todo esse trabalho para que possa avaliar o trabalho dos profissionais e medir os resultados alcançados.

Desenvolva uma cultura da meritocracia

As pessoas gostam de ser reconhecidas pelos seus esforços, e no ambiente corporativo isso não é diferente. Desse modo, para ter uma equipe de alta performance, a organização precisa desenvolver uma cultura de meritocracia — que nada mais é do que reconhecer o mérito dos profissionais.

Com isso, eles vão se sentir motivados a trabalhar mais, a superar desafios e a pensar em soluções inovadoras para o negócio. É possível gratificar com alguma bonificação no salário, promoção na carreira ou até mesmo com alguma premiação, como entradas para o cinema ou um jantar em um restaurante.

Porém, é necessário ser criterioso com esse reconhecimento, pois ele deve ser resultado de um bom trabalho, e não ser concedido pela aproximação maior ou afinidade que o gestor tenha com determinado profissional.

Invista em treinamentos

Por fim, um dos aspectos primordiais para construir um time de sucesso é investir em treinamentos. A empresa precisa de profissionais que estejam atualizados em seu segmento e, assim, possam inovar e fazer o negócio sair na frente da concorrência.

Uma equipe capacitada — principalmente com certificados de especialização e MBA — vai trazer novas ideias e fazer a diferença na organização. Os profissionais, além de ganharem aperfeiçoamento técnico, se sentirão mais motivados a trabalhar, pois sabem que a empresa se preocupa com seu crescimento. Além disso, oferecer capacitação é uma forma de retenção de talentos.

É necessário também que o líder estimule a participação dos profissionais em eventos, como palestras, feiras do setor e congressos para que os colaboradores estejam atualizados quanto às novidades do mercado.

Viu só como você pode ter uma equipe de alta performance? Além das estratégias que mostramos, é essencial também que o próprio gestor invista em capacitação voltada para aprimorar suas habilidades de liderança e conseguir conduzir o time de forma eficiente.

Já que estamos falando em cursos voltados para uma boa gestão de equipes, entenda como aprender sobre fundamentos de liderança pode impactar positivamente o seu negócio!

 

Cursos de curta duração: 7 opções na área de negócios

A especialização no mundo dos negócios é fundamental para se manter alinhado às novas tendências do mercado e desenvolver visões mais estratégicas. Nesse sentido, os cursos de curta duração são as melhores opções para quem quer se aperfeiçoar de forma rápida e específica.

Esses cursos oferecem aprendizado direcionado, com foco na prática, e visam desenvolver habilidades e atualizar conhecimentos na área de negócios. Todos são certificados e capacitam o profissional para assumir novas funções ou exercer melhor suas atividades.

Continue a leitura e conheça alguns cursos de curta duração para agregar mais qualificações e experiências ao seu currículo!

Afinal, vale a pena entrar no mercado do agronegócio?

O mercado do agronegócio é robusto, e o setor contribui de forma bastante significativa para a economia do país, pois garante não só o abastecimento interno como também um volume importante nas exportações. Números da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) mostraram que — entre as safras 1990/1991 e 2016/2017 — a produção brasileira de grãos teve um aumento de 310%.

Contudo, esses bons resultados não acontecem sozinhos. É fundamental ter um gestor por trás das operações que consiga pensar de forma estratégica para melhorar a produtividade e entender os aspectos fiscais, trabalhistas e outros desafios desse segmento.

Se você tem interesse em atuar nesse mercado, vai gostar do post que preparamos para você. Mostramos a situação atual do agronegócio brasileiro, suas perspectivas, fatores que afetam a gestão e a importância de fazer uma pós-graduação nesse segmento. Acompanhe!

7 passos para fazer reuniões produtivas e se destacar

Decisões importantes são tomadas na presença de diferentes profissionais da empresa. Quando esse processo passa a ter problemas, é comum que os gestores e suas equipes tenham dificuldades para se organizar no dia a dia de trabalho. Mas afinal, como tornar as reuniões produtivas e obter resultados eficientes?

Tirar máximo proveito de cada encontro de negócios pode ser um desafio. Ainda assim, cada esforço vale a pena para atingir esse objetivo. Acompanhe o nosso post e confira 7 passos que podem ajudar você a ter sucesso nas próximas reuniões!

Método GTD: aprenda a gerenciar suas ações e ser mais produtivo

O método GTD (Getting Things Done) tem a proposta de ser muito mais do que apenas um organizador de tarefas. A metodologia ajuda a trazer espaço para pensar, ter clareza mental e, assim, saber tomar decisões adequadas. Tudo isso é feito por meio da correta organização de todas as etapas, fazendo com que você tenha acesso às informações relevantes no momento em que precisar.

Além de gerenciar projetos, o GTD estimula as pessoas a darem atenção a diversas áreas e questões fundamentais da vida, trazendo bem-estar e equilíbrio psicológico. Um dos objetivos é possibilitar que o inconsciente esteja livre para criar ideias e oportunidades.

Continue a leitura e conheça mais sobre o método GTD e entenda como ele pode ajudar a aumentar a sua produtividade!

Rede de relacionamentos: como ampliar seu networking em eventos

Construir uma rede de relacionamentos profissionais é essencial para quem busca mais sucesso em sua carreira. Afinal, saber se relacionar com pessoas da sua área ou de campos afins ao seu traz muitas vantagens tanto em conhecimento quanto em oportunidades de trabalho.

Manter (ou retomar) o contato com colegas e professores dos cursos que você já fez é uma boa estratégia para encontrar oportunidades — mas é preciso ir além! Portanto, que tal saber como aproveitar os eventos para fazer boas conexões e desenvolver sua rede de contatos? Confira nossas dicas neste artigo!

Quais são as crenças limitantes mais comuns e como contorná-las?

Boa parte do que você acredita é resultado de tudo aquilo que viu e ouviu desde criança. Logo, é comum que determinados conceitos, práticas e pensamentos tenham se tornado verdades absolutas.

O problema é quando essas ações e ideias começam a interferir de maneira negativa em suas escolhas. Nesses casos, passam a ser chamadas de crenças limitantes. O termo, por si só, é autoexplicativo, mas vale a pena conhecê-lo mais a fundo para entender os impactos que traz à rotina de uma pessoa.

Se você deseja ter melhores resultados tanto no mercado de trabalho quanto na vida pessoal, precisa encontrar formas de resolver suas crenças limitantes. Acompanhe as informações do post e saiba como fazer isso!