Entre os desafios da gestão empresarial está a capacidade de ser um bom líder. Essa posição envolve o conhecimento das estratégicas para a condução do negócio, um olhar analítico do mercado e também a habilidade de construir uma equipe comprometida com os bons resultados da empresa.

A liderança é bastante diferente da chefia, em que a pessoa simplesmente dá ordens. Diz respeito à gestão, ou seja, uma visão global do negócio, que só é feita com a valorização das potencialidades de cada colaborador.

Se você quer se tornar um bom líder, confira nosso post e descubra 8 características que devem fazer parte do seu perfil profissional!

1. Ser proativo

Uma empresa vai se desenvolver de acordo com a produtividade de seus colaboradores. No entanto, o bom líder precisa dar o exemplo para motivar toda a equipe. Por isso, deve ter iniciativa e ser proativo, ou seja, demonstrar dinamismo no dia a dia.

Para isso, é fundamental conhecer todos os setores da organização, ter boas relações interpessoais e ficar de olho nas oportunidades de negócio, sempre em busca de melhores resultados. 

2. Demonstrar segurança e confiança

Não é segredo para ninguém que todo negócio envolve riscos. Por isso você precisa ter uma postura firme e passar segurança aos colaboradores. 

É importante deixar claro que cada um deve dar o seu melhor e pensar em soluções para que a empresa sobreviva às oscilações econômicas ou não perca mercado com a chegada de novos concorrentes.

Além disso, o gestor deve ser parceiro de sua equipe — uma pessoa em que todos possam confiar, tirar dúvidas, desabafar e pedir auxílio quando for preciso.

3. Inspirar a equipe

A equipe deve ser um espelho de seu líder. Por isso, é necessário que você se preocupe com a imagem que transmite no ambiente corporativo e, desse modo, sirva de inspiração para cada colaborador.

Você deve trabalhar pautado na ética, responsabilidade, objetividade e de acordo com a missão e valores da empresa. É importante também ser resiliente — saber lidar com as emoções para enfrentar os momentos de maior tensão com serenidade.

Dessa maneira, você se torna uma figura modelo para os integrantes da equipe — que passam a desempenhar as tarefas seguindo essa postura.

4. Saber delegar tarefas

Estamos falando muito de parceria entre o bom líder e seus colaboradores, porém isso não exclui a sua função de delegar tarefas. Ser centralizador ou não confiar no trabalho do outro são características de chefes do passado, que tinham a ideia de serem insubstituíveis. 

Você deve confiar as funções a sua equipe, levando em conta o perfil (talentos e habilidades pessoais) de cada colaborador e de uma forma que a divisão de trabalho seja equilibrada. É preciso também acompanhar o desempenho das tarefas e, sempre que possível, valorizar o trabalho de cada um.

Um ponto importante é também deixar claro a importância da resolução dos problemas em conjunto. Assim, os colaboradores passam a respeitar a função e tarefas dos outros colegas da organização.

5. Zelar pelo bom clima organizacional

É papel do líder zelar pelo bom clima organizacional. As empresas contam com o trabalho de pessoas, mas cada uma tem suas características próprias e ambições. Assim, não é raro o atrito no ambiente corporativo — com intrigas ou competição entre os colaboradores.

Nessa hora conta pontos as suas habilidades de comunicação e empatia para conseguir se aproximar das pessoas, saber ouvir os dois lados e entender o motivo de desentendimentos.

Não é uma tarefa das mais fáceis, mas a mediação de conflitos é essencial para que a empresa seja um espaço saudável — em que todos tenham uma boa convivência e sintam satisfação de vir trabalhar todos os dias para desempenhar suas funções.

6. Dar feedbacks

É impossível liderar sem dar os feedbacks aos colaboradores. As pessoas precisam conhecer suas potencialidades e dificuldades até mesmo para entender o seu papel dentro da organização e para melhorar seus pontos fracos.

Ter feedbacks é importante para que os colaboradores conheçam as expectativas da empresa em relação a ele — o que propicia o crescimento na carreira.

O caminho inverso também é importante: um bom líder deve estar aberto para saber como o seu trabalho de gestão é visto e ter humildade para reconhecer os erros. Com isso, é possível buscar aprimoramento ou ajuste de postura quando necessário.

7. Ter a capacidade de reter talentos

O bom líder deve conhecer a empresa de forma global e isso inclui fazer o acompanhamento do trabalho de cada um de sua equipe. Essa proximidade permite reconhecer as potencialidades dos colaboradores.

Dessa maneira, é possível realizar a gestão de modo a reter esses talentos. Como fazer isso? Ao proporcionar um ambiente agradável, dar feedbacks, além de viabilizar que esse colaborador possa crescer dentro da empresa.

8. Buscar aprimoramento constante

Uma boa gestão empresarial se constrói com constante aprimoramento. Por isso, o líder não pode ficar estagnado — deve acompanhar as tecnologias e outras novidades do setor, bem como buscar capacitação para melhorar tanto suas habilidades técnicas quanto pessoais.

Para isso, é fundamental ter um plano de carreira e realizar cursos de atualização para conseguir acompanhar todas as mudanças que envolvem o mundo empresarial. A dica é buscar por cursos de pós-graduação — como especializações e MBA (Master in Business Administration) — de uma instituição de ensino de referência. Assim, você terá uma formação consistente e que vai valorizar o seu currículo.

Com as aulas, você acompanha as tendências de sua área de atuação, troca experiência com os professores e outros colegas e pode refletir sobre seu trabalho sob uma nova perspectiva. Esse conhecimento certamente terá impacto positivo nos resultados da empresa e na condução da sua equipe.

Você está no caminho certo para se tornar um bom líder? Saiba que essas capacidades não são natas e serão desenvolvidas com a maturidade e experiência profissional. O importante é ter em mente a importância dessa postura para o sucesso dos negócios e melhor desempenho de toda a equipe.

Como você realiza o seu trabalho de gestão empresarial? Como desenvolveu suas habilidades de liderança? Conte-nos sua experiência deixando um comentário neste post!

Escreva um comentário

Share This