Muita gente já ouviu falar das palestras TED, mas ainda não sabe direito o que elas oferecem e como é possível acessar esse tipo de conteúdo. Ou seja, apesar de já serem bastante reconhecidas pelo mundo inteiro, há pessoas que estão por fora desse movimento.

E você, sabe o que significa? Já teve a oportunidade de assistir a um desses vídeos para conhecer como a ideia funciona? Continue lendo o texto para saber mais sobre o assunto e conferir algumas indicações que valem a pena!

A metodologia TED

Para começar a entender do que se trata é preciso saber que o famoso acrônimo “TED” vem das palavras Technology, Entertainment e Design — que, em português, correspondem a Tecnologia, Entretenimento e Design.

Esse conceito foi fundado por volta de 1984, quando um grupo se reuniu nos Estados Unidos destinado a criar conferências para a disseminação de boas ideias. Então, a fundação sem fins lucrativos Sapling, se tornou a responsável pela organização desses eventos que ocorreriam na Ásia, na Europa e nas Américas.

A primeira edição acabou acontecendo no ano de 1990, na Califórnia, e reuniu grandes nomes como Al Gore, Bill Clinton, Bill Gates, Gordon Brown, entre outros. Aos poucos, o nome ganhou referência e muitas outras palestras foram lançadas, sendo que hoje já são mais de 500 vídeos com muitos milhões de visualizações.

Tais personalidades são convidadas a darem a melhor palestra que puderem em cerca de 18 minutos. Atualmente, a conferência principal acontece todos os anos em Vancouver, no Canadá, e conta com cinco dias de atividades.

O público que assiste é bem seleto (convidados ou pessoas dispostas a pagar quase 20 mil reais por um ingresso), mas as “talks” felizmente são divulgadas na internet gratuitamente e com tradução para várias línguas.

É válido frisar que os TEDx são eventos independentes, que seguem o estilo do TED e podem ser realizados por quaisquer pessoas. Para receber esse aval, é necessário pedir uma autorização para a Sapling, que dá algumas orientações e deixa todo o resto por conta dos organizadores interessados.

Como palestras TED auxiliam o desenvolvimento de uma pessoa

Sabemos que as pessoas no mundo moderno lidam com milhares de questões todos os dias. Seja no aspecto profissional, acadêmico, pessoal ou em qualquer outro, cada um enfrenta problemas e dificuldades distintas.

Assim, ter uma vida equilibrada, saudável e próspera nem sempre é uma tarefa tão fácil. Sentimentos como ansiedade, angústia, frustração e afins se tornam recorrentes, mesmo que a gratidão por ter uma vida digna também seja um fato.

Nesse contexto, o TED pode ser um ótimo aliado, apresentando muitos conteúdos que façam as pessoas refletirem e aprenderem. Os palestrantes possuem expertise em determinado tema para falar sobre ele e atingir um público virtual enorme — o que representa a grande oportunidade que a plataforma oferece.

Essa facilidade de acesso a um material de qualidade é algo significativo para ajudar cada espectador a resolver os dilemas que ele tem diariamente, como a falta de criatividade, uma demissão inesperada, o fim de um relacionamento, a dificuldade de acordar todos os dias motivado para ir trabalhar etc.

Ainda mais quando consideramos o TEDx, são milhares os assuntos abordados nos vídeos, sendo que todos eles trazem algum tipo de ensinamento. Essa é a contribuição desse modelo de negócio: fazer com que as ideias disseminadas se transformem em sementes em que assistiu às palestras.

A partir de então, é missão de cada um fazer com que aquilo sirva de inspiração para o seu desenvolvimento como pessoa, promovendo as mudanças necessárias para ter uma vida mais feliz e satisfatória.

Palestras TED que merecem a sua atenção

Como os tópicos são bem variados e cada um tem os seus interesses particulares, é difícil definir uma série de palestras que vai ser útil para todo mundo. Nesse caso, um bom termômetro é a popularidade de alguns vídeos que se destacaram ao longo do tempo.

De certa forma, um número alto de visualizações indica que o conteúdo foi caracterizado como relevante e disseminado para milhões de pessoas. Então, veja a seguir alguns exemplos de TEDs que estão entre os mais populares e precisam ser vistos.

1. Amy Cuddy — “Your body language shapes who you are” (2012)

Amy defende a ideia de que postura é tudo nessa vida, inclusive que entender de linguagem corporal é capaz de mudar todo o seu comportamento. Mesmo fingindo uma pose de poder, é possível melhorar a sua confiança, reduzir o nervosismo e conseguir o efeito desejado.

Em situações estressantes, como uma entrevista de emprego, as táticas corporais podem aumentar suas chances de sucesso. Por outro lado, ao ignorar esse fato você expõe a sua vulnerabilidade e é capaz de se dar mal. Vale muito aprender um pouco sobre isso.

2. Ken Robinson — “Do school kill creativity?” (2006)

Essa talk está entre as mais vistas de todos os tempos e trata da importância da criatividade na formação de qualquer cidadão. O educador britânico Ken Robinson faz uma crítica de como os sistemas educacionais não incentivam o desenvolvimento do pensamento criativo e como isso é extremamente relevante.

3. Robert Waldinger — “What makes a good life? Lessons from the longest study of hapiness” (2015)

O estudioso psiquiatra de Harvard fala sobre uma pesquisa de 75 anos sobre o desenvolvimento de adultos e apresenta quais são as lições relacionadas à felicidade, compartilhando conhecimentos práticos de como construir uma vida-longa e plena.

4. Simon Sinek — “How great leaders inspire action” (2009)

O professor da Columbia University e autor de um famoso livro expõe os seus pensamentos sobre a dificuldade de liderar outras pessoas. O método chamado de “círculo dourado” (ou golden circle) traz as questões fundamentais para guiar o espectador nessa jornada de liderança e inspiração, baseada em exemplos reais como Steve Jobs e Martin Luther King.

5. Laura Vanderkam — “How to gain control of your free time?” (2016)

Um dos grandes desafios para muitas pessoas é a gestão do tempo. A correria do dia a dia por vezes faz parecer que as horas do dia nunca são suficientes para fazer aquilo que precisamos e queremos.

Logo, aprender a gerenciar essa questão com cuidado é muito importante para ter mais equilíbrio e melhores resultados. Laura aborda o assunto e dá dicas do que fazer para controlar o seu tempo livre, definir prioridades e aproveitar melhor a vida.

Palestras TED na área de gestão e dinheiro

Gestão e dinheiro são dois tópicos que atraem muita gente, talvez porque sejam desafios básicos vividos no cotidiano. Ainda que você não tenha um negócio próprio ou um cargo de gestor, gerenciar a sua vida e os seus recursos financeiros já é uma tarefa complexa. Descubra a seguir palestras que trazem esses assuntos à tona.

6. Tom Wujec — “Build a tower, build a team”

O trabalho em equipe e a importância da contribuição de cada pessoa é uma das bases de uma gestão eficiente. Sozinho, dificilmente alguém consegue levar adiante os seus sonhos.

Com a proposta do “problema do marshmallow”, Tom tenta fazer com que o público perceba que a cooperação tem efeitos surpreendentes. Durante a dinâmica, um grupo inusitado consegue se sair melhor e o palestrante aproveita esse fato para citar suas lições sobre o tema.

7. Regina Hartley — “Why the best hire might not have the best resume” (2015)

A área de Recursos Humanos tem ganhado cada vez mais destaque nos últimos tempos e certamente se tornou um ponto decisivo para o sucesso dos negócios. Uma das grandes dificuldades nesse ambiente é contratar pessoas e montar um time eficaz.

Regina, que é uma referência no assunto, fala sobre a sua experiência e de como as adversidades são importantes na construção dos seres humanos. Assim, explica por que os candidatos que não têm um currículo perfeito merecem uma chance.

8. Shlomo Benartzi — “Saving more tomorrow, tomorrow” (2011)

O economista Benartzi fala sobre uma das dificuldades mais comuns quando falamos de dinheiro: economizar. Geralmente, nós sabemos que precisamos fazer isso, mas há uma tendência em deixar essa tarefa para amanhã.

Acabamos gastando a maior parte e o planejamento do futuro fica em segundo plano. Sua palestra identifica esse tipo de comportamento e discute como podemos solucionar esse desafio para ter uma vida financeira mais equilibrada ou segura.

9. Michael Norton — “How to buy hapiness” (2011)

Não é todo dia que temos a chance de ver um cientista social que estuda sobre como nos sentimos com o que compramos e gastamos, certo? A reflexão que Norton oferece é perceber que o dinheiro pode sim comprar felicidade, ao contrário do que muitos pensam.

E isso não quer dizer ser egoísta e começar a querer tudo o que vê pela frente. Quando pensamos nas necessidades dos outros, somos capazes de maximizar a sensação boa de empregar o nosso dinheiro em alguma coisa. Uma boa forma de repensar sobre como estamos usando os nossos recursos.

Palestras TED para inspirar a sua carreira

Um tema constantemente presente nas conferências TED é motivar as pessoas em suas carreiras. Como a vida profissional tende a gerar muitas dúvidas e inseguranças, esse é um tipo de tópico que faz bastante sucesso. Conheça abaixo nossas indicações.

10. Tony Robbins — “Why we do what we do” (2006)

Um dos coachs mais conhecidos do mundo e autor de best-sellers, Robbins traz a motivação como um dos recursos mais importantes para qualquer pessoa. Ela funciona como uma força invisível para ajudar os indivíduos a agir, atingir suas metas e construir uma carreira de sucesso.

11. Scott Dinsmore — “How to find work you love” (2012)

É uma realidade que existem muitas pessoas insatisfeitas com os seus empregos — segundo o palestrante, cerca de 80% da população. Então, ele apresenta três conceitos que todos os apaixonados pelos seus trabalhos têm em comum e leva o público a pensar sobre esse assunto como uma forma de inspiração.

12. Larry Smith — “Why you will fail to have a great career?” (2011)

Em um papo engraçado e sincero, o professor de economia Larry Smith fala do costume que as pessoas normalmente têm de arrumar desculpas para as suas falhas enquanto buscam as suas paixões.

Na verdade, ele explora a concepção de como somos os únicos responsáveis pelos nossos sucessos e fracassos, além da importância de superar os medos para conquistar os nossos sonhos.

13. Shawn Achor — “The happy secret to better work” (2011)

Todo mundo sabe que a vida profissional não é sempre um mar de rosas e realizações. Contudo, acreditamos que devemos trabalhar para sermos felizes, certo? O psicólogo Shawn propõe a visão contrária, de que deveríamos ser felizes para trabalhar melhor.

Em aproximadamente 12 minutos, ele fala da influência do pensamento positivo para ter uma vida mais próspera e satisfatória. Ou seja, de como o otimismo e a capacidade de suportar as adversidades podem gerar mais produtividade e satisfação.

14. Arianna Huffington — “How to succeed? Get more sleep” (2010)

A chave para o sucesso pode estar no seu sono? Sim! Arianna defende essa posição e diz ter chegado a essa conclusão depois de sofrer um processo extremamente exaustivo — que rendeu até um desmaio e alguns pontos no rosto.

O poder do sono é tratado por ela como a oportunidade de fechar os olhos, enxergar melhor as situações, ganhar energia e produtividade, além de tomar decisões mais inteligentes. São apenas 4 minutos que vão relembrá-lo de que não adianta viver uma rotina tão desgastante, pois descansar é indispensável para ser bem-sucedido.

Palestras TED para ajudar a atingir os seus objetivos

Buscar inspiração é como perceber, em outros lugares, coisas que fazem sentido para você e que podem ajudá-lo de algum jeito. Quando estabelecemos certos objetivos, temos a consciência de que nem sempre eles vão se realizar da noite para o dia.

Por isso, ter o auxílio de outras pessoas nessa caminhada é especial, já que às vezes bate um desânimo. Para retomar a determinação, nada melhor do que boas palavras no momento certo.

15. Fernando Fernandes — “Motivação e foco para superar limites” (2011)

Em 2011, ocorreu aqui no Brasil um TEDx que reuniu grandes atletas para falar do esporte como instrumento da transformação das pessoas. Um dos palestrantes foi o Fernando Fernandes, que trabalhava como modelo e sofreu um acidente que o deixou paraplégico.

Nesse tempo, ele descobriu na paracanoagem uma fonte de estímulo e, com a sua força, conseguiu ser campeão mundial da modalidade. Sua palestra aborda justamente como ele enxergou essa oportunidade de superar os seus limites e não deixou que as suas dificuldades o impedissem de realizar aquilo com que ele sonhava.

16. Thaís Pegoraro — “Everest: do fundo do poço ao topo do mundo” (2017)

Ser demitida do emprego e terminar um noivado não são fatos que formam um cenário muito feliz, não é mesmo? Porém, para Thaís Pegoraro, esse foi o ponto de partida para ela tomar a decisão de realizar o seu sonho de infância e escalar a montanha mais alta do mundo — o Everest.

Toda a sua história fica ainda mais interessante quando descobrimos que ela nunca havia escalado nada antes. Essa é uma lição que confirma o significado da determinação e que nada é impossível quando somos perseverantes.

17. Taly Szwarcfiter — “Construindo caminhos com propósito” (2015)

Psicóloga, educadora e coach, Taly é uma uruguaia que vive no Brasil há muitos anos. Na ocasião do TEDx, falou sobre a descoberta do propósito — termo tão usado e reconhecido nos dias de hoje.

Ela desmistifica a palavra, trazendo o seu conceito de uma forma bem realista e próxima de nós. Um dos pontos altos da palestra é o reconhecimento de que às vezes não sabemos qual é o nosso caminho e que não há nada de mal nisso. Talvez a melhor opção seja realmente ir em frente e construir a sua caminhada aos poucos.

18. Angela Ceberano — “Be the warrior not the worrier — Fighting anxiety & fear” (2010)

Angela traz o perigo de se preocupar demais com as coisas, mesmo quando não há razões para isso. Muita gente mantém esse hábito (como ela mesma assume) e acaba vivendo com ansiedade e medo do futuro, o que não é o ideal.

Diante disso, ela explica em sua palestra que é preciso usar suas emoções a seu favor, sem deixar que sentimentos ruins controlem a sua vida. Identificar os seus medos e lutar contra eles é uma boa estratégia para ir atrás das suas conquistas sem ficar parado no tempo.

19. Elizabeth Gilbert — “Your elusive creative genius” (2009)

A autora de “Comer, rezar e amar” faz um relato pessoal sobre a pressão que artistas e outros profissionais do ramo da criatividade sofrem. Ela acredita que a necessidade de ter que dar sempre o seu melhor é motivo de muito estresse e bloqueios.

Então, sua proposta (que mistura emoção e bom humor) é que sejamos mais livres para criar, trabalhar e viver dia após dia. A genialidade não está necessariamente nas pessoas raras, mas em como levamos a nossa vida de maneira simples e sem desanimar.

Palestras TED para quem tem o espírito empreendedor

Empreender é uma missão muito exigente. Saber enfrentar adversidades, pesquisar o mercado, pensar no aspecto financeiro, construir um time motivado, enfim, gerenciar um negócio envolve muitas responsabilidades.

Para quem tem esse desejo de transformar uma ideia em uma empresa, buscar conhecimento nunca é demais. Portanto, o TED também pode ser uma ferramenta bem útil nesse momento.

Confira a seguir algumas talks para desenvolver o seu espírito empreendedor.

20. Steven Johnson — “Where good ideias come from?” (2010)

A apresentação reforça que ter uma boa ideia não é exatamente viver um momento “Eureka” e encontrar uma solução, como muitos pensam que deveria ser. Tudo isso depende de um processo, e a bagagem de cada pessoa influencia muito seus resultados.

Uma de suas observações é que os ambientes que frequentamos contribuem muito para isso e que participar de sistemas inovadores é um dos caminhos para fazer a inovação acontecer.

21. Angela Lee Duckworth — “Grit: the power of passion and perseverance” (2013)

Angela é uma psicóloga que aceitou o desafio de ensinar matemática para os alunos do sétimo ano de uma escola pública de Nova York. Vivendo essa experiência, percebeu que o QI não era o único fator que diferenciava aqueles que tinham sucesso. Formulou então a teoria do “grão” para explicar como a paixão e a perseverança são relevantes nessa trajetória.

22. Michael Porter — “The case for letting business solve social problems” (2013)

Já pensou em abrir um negócio para resolver problemas sociais? Michael Porter mostra como é possível criar uma relação ganha-ganha e lucrar com isso.

Ele afirma que as ONGs e os governos não precisam ser os únicos responsáveis para lidar com temas como mudança climática ou acesso à água. O empreendedor privado pode oferecer boas saídas para essas questões.

23. Bill Gross — “The single biggest reason why startups succeed” (2015)

Um norte-americano fundador de várias startups reuniu dados de suas próprias companhias e de outras empresas para tentar descobrir os fatores do sucesso (ou do fracasso) delas. Dentre os aspectos que ele considera, dois exemplos são o modelo de negócio e a força da ideia.

Os quase 7 minutos de sua fala resumem aprendizados produtivos, principalmente para quem está pensando em empreender e ainda não materializou a sua vontade.

24. Dan Pink — “The puzzle of motivation” (2009)

Se tem uma coisa que os empreendedores têm que desenvolver é a capacidade de resolver problemas. Com esse pressuposto, Dan apresenta o “candle problem” e evidencia como a motivação é fundamental para favorecer o desempenho das pessoas.

Em outras palavras, ele demonstra que os incentivos certos influenciam os nossos comportamentos e que entender isso é importante para tentar extrair sempre o melhor das situações.

Enfim, vale a pena separar alguns minutos por dia para acessar conteúdos de qualidade e que possam contribuir para o seu crescimento. Além dessas recomendações, procure ainda outros temas do seu interesse e veja como as palestras TED são um universo de inspiração!

Gostou do post? Para acompanhar as nossas próximas publicações e receber outras dicas como esta, não deixe de seguir o perfil do CEEM no Facebook, LinkedIn, Twitter e YouTube!

Escreva um comentário

Share This