Mais do que qualquer outra coisa, o investimento na qualificação profissional é um preparo para o futuro. O mercado demanda talentos cada vez mais habilidosos e bem preparados, então é preciso se desenvolver continuamente.

Seja com um MBA, uma especialização ou um curso de curta duração, por exemplo, o atual profissional deve buscar melhorar sua expertise. Dessa maneira, pode conseguir o emprego dos sonhos ou, talvez, dar início ao negócio que deseja.

No artigo de hoje, vamos explicar as principais razões pelas quais é preciso investir na qualificação profissional. Continue a leitura e fique por dentro do tema. Boa leitura!

1. Bem-estar consigo mesmo

A maioria das pessoas desconsidera essa vantagem. Porém, a verdade é que, ao realizar cursos apropriados de qualificação, o profissional se sente mais bem preparado para o mercado e bem consigo mesmo, afinal, sabe que é um bom profissional.

Essa não é a primeira razão por acaso. Cada vez mais, os profissionais precisam sentir bem-estar no que fazem, caso contrário deixam-se levar pelo estresse e correm sérios riscos de ter uma vida pouco agradável — lembre-se: o estresse é o mal do século.

Um profissional preparado sente-se mais confiante, encara com competência os problemas do expediente (que sempre vão existir) e consegue ter altos níveis de bem-estar, dentro e fora do ambiente de trabalho. Então, qualifique-se!

2. Competência para aproveitar oportunidades de emprego

Há tempos os selecionadores insistem que faltam profissionais competentes para as vagas em aberto. Mesmo na atual crise, com um elevado número de desempregados, vagas deixam de ser preenchidas por escassez de gente qualificada.

Um relatório do ManpowerGroup, realizado em 2015, parece confirmar isso. Ao entrevistar mais de 41 empregadores, descobriu-se que 38% deles enfrentam dificuldades em encontrar talentos. No Brasil, esse número é ainda pior: a nação verde-amarela está entre os cinco piores países para preencher vagas.

Considerando tudo isso, a qualificação é uma porta para melhores oportunidades. Assim, será possível competir por cargos ainda melhores e aproveitar vagas que, antes, por falta de determinadas competências, não poderia aproveitar.

3. Melhoria da rede de contatos com colegas e professores

Seja para buscar um novo emprego ou iniciar um projeto autoral, ter uma boa rede de contatos é primordial. Sabe-se, por exemplo, que 6 em cada 10 empresas brasileiras utilizam a indicação na hora de contratar, segundo matéria da Exame.

Isso não é por acaso. A contratação por indicação é mais segura, além de envolver riscos e custos menores para as empresas, pequenas e grandes. Então, é preciso se preparar para essa realidade de mercado e criar um bom networking.

Ao iniciar novos cursos, será possível potencializar sua rede de contatos, conhecer outros colegas de estudo e professores especializados, bem como aumentar seu leque de oportunidades no mercado. Desse modo, poderá crescer profissionalmente.

4. Renovação em relação às inovações do mercado

A qualificação é uma forma de renovar seus conhecimentos, afinal, as mudanças têm surgido rapidamente. Muitos talentos, entretanto, por acreditarem que “sabem o suficiente”, não dão a devida atenção ao assunto — um imenso perigo.

Mesmo as áreas mais tradicionais, como o RH, já passam pela transformação digital. Para se ter ideia, de acordo com a Deloitte, 56% das empresas estão reformulando seus processos de RH para aproveitar ferramentas digitais.

Então, se realizou sua formação há alguns anos ou décadas atrás, é provável que não esteja a par das maiores inovações de mercado. Portanto, torna-se vital renovar seus conhecimentos, abraçar as inovações e se manter competitivo.

5. Capacitação para iniciar ou gerir o próprio negócio

Há um grande número de profissionais que pensam em iniciar o próprio negócio. Segundo matéria da revista PEGN, cerca de 66% dos brasileiros querem abrir seu próprio negócio, uma das poucas unanimidades no país.

No entanto, sabe-se que 6 em cada 10 empresas fecham antes de completar 5 anos de atividade. O motivo é simples: falta de preparo! Sem a devida qualificação, por mais que se inicie o próprio negócio, será muito difícil mantê-lo ativo e lucrativo.

Uma boa qualificação o ajuda a entender muito mais de empreendedorismo, planejamento estratégico, gestão financeira ou da área em específico na qual deseja empreender. Logo, poderá iniciar do jeito certo e progredir exponencialmente.

6. Aumento das possibilidades de atuação

A qualificação, especialmente no caso do MBA ou especialização, também é uma forma de buscar por novos horizontes profissionais. São cursos relativamente rápidos e que capacitam o profissional a explorar novas possibilidades de atuação.

Na atualidade, não é difícil identificar profissionais que desejam mudar de área ou adquirir novas experiências profissionais, especialmente pela insatisfação com o atual emprego. Aliás, de acordo com pesquisa da Isma Brasil (International Stress Management Association), 72% das pessoas estão insatisfeitas com o trabalho.

Nesse contexto, a qualificação é uma das formas mais inteligentes de explorar novas áreas, descobrir novas habilidades e aumentar as possibilidades de atuação. Logo, será possível fazer o que realmente gosta, de maneira profissional e lucrativa.

7. Otimização da credibilidade no mercado de trabalho

A credibilidade que um profissional transmite é um dos elementos mais importantes. É muito mais difícil conseguir parcerias, promoções ou oportunidades de emprego sem um currículo robusto e que transmita confiança a outros profissionais.

Mesmo que tenha um bom conhecimento acerca de determinada área, um bom profissional necessita de provas físicas para transmitir segurança e confiabilidade. Essas provas, na maioria das vezes, são os próprios certificados de participação em cursos.

Então busque construir uma imagem profissional de respeito, com um currículo robusto e com os conhecimentos adequados para colaborar com excelência. Isso fará toda a diferença, especialmente quando comparado a outros profissionais.

8. Aquisição de novos conhecimentos

Finalmente, é preciso lembrar da aquisição de novos conhecimentos. Profissionais que gostam do que fazem estão sempre querendo aprender, expandir seus conhecimentos e se tornar especialistas no que fazem. Essa também é uma boa razão!

Como pôde observar, são muitas as razões para investir na qualificação profissional. Não importa se quer ser promovido, se deseja arrumar um novo emprego, iniciar seu próprio negócio ou simplesmente adquirir novos conhecimentos, investir na qualificação profissionais é sempre um dos caminhos mais inteligentes.

Agora está por dentro do tema, certo? Aproveite para assinar nossa newsletter e receber nossas novidades em seu e-mail. Vamos lá!

 

Escreva um comentário

Share This