As mudanças de comportamento do consumidor e o exponencial avanço da tecnologia geraram transformações nos produtos, nos serviços, nas ideias e, também, no trabalho — especialmente para o profissional de marketing.

Hoje, ele precisa estar muito mais atento às tendências do mercado, estabelecer parcerias com a área de vendas e saber lidar com as ferramentas digitais. Essas são apenas algumas características do novo profissional de marketing, mas, neste artigo, veremos quais são as competências exigidas desses especialistas e quais inovações estão alterando completamente a carreira. Acompanhe!

Quais são as competências do novo profissional de marketing?

Capacidade de criação e conhecimento em design e propaganda sempre estiveram entre as habilidades profissionais de quem trabalha no campo do marketing. Contudo, é preciso ir além.

Confira quatro competências que devem fazer parte da capacitação de quem deseja seguir essa profissão.

Empreendedorismo

Mesmo dentro de uma empresa, um colaborador pode utilizar habilidades empreendedoras para oferecer soluções inovadoras, dar sugestões para a otimização de processos ou até desenvolver projetos internos. É claro que isso depende de alguns fatores, como a cultura organizacional, a liberdade que os funcionários têm para tomar decisões e a confiança que os líderes têm nos membros da equipe.

O fato é que um profissional de marketing com essa competência é extremamente valorizado. Afinal, são pessoas com iniciativa e com um enorme potencial para gerar valor para a companhia com a sua visão de mercado.

Análise de dados

Ferramentas de Business Intelligence (BI) e outros sistemas que lidam com big data permitem coletar dados de diversas fontes, agregá-los e processá-los em busca de padrões de comportamento e tendências de mercado. Algo que uma simples análise mercadológica dificilmente seria capaz de revelar.

Além disso, os softwares de web analytics estão cada vez mais sofisticados, exibindo diversas métricas que podem ser úteis para avaliar o desempenho de uma estratégia de marketing.

Diante disso, profissionais com habilidades de análise e visualização de dados e estatística saberão como aproveitar melhor as funcionalidades desses programas. Assim, poderão descobrir informações valiosas para o negócio e, certamente, serão mais disputados pelas empresas.

Programação

Com a forte interseção que temos atualmente do marketing com a Tecnologia da Informação (TI) — evidenciada pelo crescimento do marketing digital —, fica claro que profissionais com amplo conhecimento em computação e programação para a web terão um destaque maior.

Aliado à experiência com análise e visualização de dados, o especialista será capaz de criar ferramentas tanto para automatizar certos procedimentos quanto para facilitar a tomada de decisão.

Vontade de aprender

Por trabalhar em uma área que passa por transformações constantes, é fundamental que o profissional de marketing tenha um gosto pelo aprendizado constante e não tenha medo de se dedicar a temas que, em um primeiro momento, podem parecer incoerentes com a sua carreira.

Essas pessoas devem estar dispostas a realizar cursos e a ler bastante, para se atualizar sempre que for necessário. Dessa forma, é possível se preparar e se adaptar às mudanças que virão pela frente.

Quais inovações estão alterando o cenário do marketing?

Vejamos, agora, quatro inovações tecnológicas que estão revolucionando as operações e as estratégias de marketing.

Machine learning

O machine learning é uma tecnologia em que é possível entregar uma quantidade razoável de dados para uma máquina ou software para que ele consiga extrair algum conhecimento dali e aprender por conta própria.

Isso tem aplicações importantes na automação de processos, como já ocorre com o reconhecimento facial e de placas de trânsito.

Imagine as possibilidades da tecnologia no entendimento do comportamento de compra de um segmento de público ou, ainda, no aprendizado de quais são as ações de marketing que mais geram resultados, segundo determinados parâmetros. São perspectivas bastante promissoras.

Realidade virtual

Os óculos de realidade virtual e tecnologias relacionadas — como a realidade aumentada — estão transformando a experiência dos usuários, permitindo que eles se sintam imersos em situações antes inimagináveis.

Isso fornece novas possibilidades para observar o modo como as pessoas se comportam diante de um novo produto. Dessa forma, é possível realizar testes mais precisos antes do lançamento e garantir uma qualidade maior de seus artigos.

Além disso, com essa tecnologia, as empresas poderão apresentar as mercadorias do catálogo em ambientes de realidade virtual, para que as pessoas interessadas possam visualizar melhor o produto antes de decidir pela compra. Além de oferecer um diferencial, isso melhora a experiência do consumidor.

Internet das coisas

Os dispositivos com funções específicas e que conseguem se conectar à internet compõem a chamada internet das coisas — IoT, do inglês Internet of Things —, e o número desses equipamentos só tende a aumentar. São relógios que monitoram a atividade física do usuário, pulseiras que analisam a saúde, sensores que verificam a qualidade do ar e muitos outros aparelhos que vão modificar as nossas rotinas.

Há, por enquanto, uma grande preocupação sobre a privacidade dos dados, mas as empresas que convencerem os seus clientes a compartilharem certas informações — mesmo que de forma anônima — terão a oportunidade de compreender o comportamento dos clientes com incrível precisão.

Chatbots

Os chatbots são programadas de computador capazes de simular uma conversa real em uma interface de troca de mensagens, por meio de texto ou voz. Os mais simples utilizam comandos predefinidos para que os usuários tenham acesso às funcionalidades do sistema, mas os mais sofisticados usam a inteligência artificial para compreender a requisição da pessoa e dar a melhor resposta possível.

Muitas empresas já implementaram essa solução, principalmente por meio de aplicativos de mensagens, como o Facebook Messenger e o Telegram. As grandes companhias estão otimizando o atendimento ao cliente — e até realizando vendas — com o auxílio desses robôs inteligentes.

Podemos notar que os especialistas em marketing estão se tornando cada vez mais completos e dominando uma série de disciplinas que, há alguns anos, jamais pensaríamos que pudessem integrar o currículo. E essa é uma particularidade da era digital, em que as mudanças são inevitáveis e a tendência é que sejam ainda mais profundas.

Gostou de conhecer as habilidades do novo profissional de marketing e as tecnologias que estão modificando a sua carreira? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais para que seus amigos e colegas da área também fiquem por dentro de todas essas transformações!

Escreva um comentário

Share This